sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Planejamento Estratégico: A essência do sucesso das empresas

Qual é o primeiro passo para uma empresa obter sucesso e manter-se no mercado por anos?

O que faz muitas empresas, em nosso país, fecharem suas portas após quatro ou cinco anos no mercado?

A resposta para essas e para tantas outras perguntas relacionadas com o bom andamento das empresas no Brasil é apenas uma: Planejamento Estratégico.

Planejamento Estratégico é um processo continuo onde são desenvolvidos os objetivos, as metas e a estratégia a ser utilizada no ambiente em que se encontra a empresa.
A realização desse processo é de suma importância, pois nele é realizada uma analise macroeconômica, voltada para o ambiente externo, e uma microeconômica (SWOT), voltada para o interior da empresa e a integração dos resultados obtidos em cada análise.
É importante analisar bem os concorrentes, pois alerta a empresa para o plano estratégico que deve ser usado com cada um deles, traçando o melhor caminho para obter o sucesso no mercado. A definição de uma missão e de uma postura estratégica, para orientar o estabelecimento de todas as estratégias e políticas dentro da empresa assim como os objetivos a serem alcançados são pontos de estudo desse processo.
Um bom marketing é muito importante na hora de se elaborar e por em prática as estratégias definidas no planejamento, pois é ele o carro chefe da organização no mercado responsável pelos 4Ps (produto, preço, praça e promoção), que marcarão o desempenho da empresa no ambiente em que atua. O marketing é o mix da organização.

Por fim quando já está definida toda a estratégia que a empresa irá utilizar não basta apenas aplicá-la e esperar os lucros entrarem, o planejamento estratégico deve ser acompanhado e revisado sempre que possível, para adaptar-se às oscilações do mercado.

Muitas empresas, principalmente micro e pequenas empresas não realizam esse tipo de pesquisa e por isso, muitas vezes não conseguem acompanhar as mudanças assim como os efeitos de uma crise mundial por não realizarem um planejamento e uma estratégia correta de atuação.

Consulte a CR Consultoria, assessoramos os clientes na elaboração do Planejamento Estratégico. Vamos fazer em 2011 um ano diferente, um ano em que planejamos a nossa empresa rumo ao sucesso.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

É SIMPLES ASSIM


Texto de Floriano Serra

Floriano Serra
Floriano Serra, psicólogo, consultor de empresas para processos comportamentais, palestrante e articulista, autor de vários livros sobre comportamento humano. É especializado em Análise Transacional e Programação Neuro Linguística. Tem pós-graduação em Marketing. Já foi Diretor Corporativo de Recursos Humanos de várias empresas nacionais e multinacionais. Em 1996, pela sua atuação inovadora em RH, recebeu o Prêmio Destaque RH do Ano, outorgado pela revista Gestão Plus & RH em Síntese. Atualmente Floriano é diretor-presidente do IPAT - Instituto Paulista de Análise Transacional (www.ipat.com.br) e da SOMMA4 Consultoria para Desenvolvimento Pessoal e Organizacional. Com frequência, ministra palestras e seminários comportamentais"in company" em todo o Brasil, presta consultoria em Recursos Humanos e Processos Comportamentais, realiza "coatching" e aconselhamento para executivos e continua escrevendo livros e artigos - inclusive mantendo colunas fixas em algumas revistas e sites.

+ textos de Floriano Serra

Em um grande número de organizações, o que não faltam são as "calamidades" comportamentais, algumas das quais, de tanto se repetirem, tornam-se crônicas e, ao mesmo tempo, folclóricas e motivos de lágrimas e risos nos corredores. Essas calamidades podem diferir na forma, mas todas têm uma coisa em comum: detonam o clima interno, acabam com o respeito aos princípios e aos valores da empresa e, por vias indiretas, comprometem as relações entre os colegas e dificultam o cumprimento dos resultados. Os "jeitinhos" e os "jeitões" constituem duas dessas calamidades - dentre outras.

Comecemos pelos "jeitões". Quem, no seu local de trabalho, não tem ou nunca teve um colega ou chefe com um "jeitão" fora dos padrões civilizados? Tomemos o caso de um gestor que é grosseiro de doer, grita e trata seus colaboradores como se fossem máquinas ou coisas insensíveis e sem auto-estima. E quando alguém mais corajoso decide procurar a Alta Direção para fazer queixa daquele assediador moral em série, ouve do maioral: "Ah, não esquenta com isso! É o "jeitão" dele, mas no fundo é ótima pessoa... E, olha, com esse "jeitão" ele faz o pessoal cumprir todas as metas!". E o gestor, com seu "jeitão" anacrônico, continua pelos corredores à fora machucando impunemente a equipe, protegido pela cultura interna que aprova esse "jeitão eficaz" de atingir resultados...

Anote aí: nas empresas que abrigam essa calamidade, "jeitão" é a nova palavra para definir grosseria, falta de modos e de educação, insensibilidade e total desconhecimento da arte de liderar pessoas. Isso me faz lembrar as palavras do guru em administração Stephen Covey, consultor americano, autor do best-seller "Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes", que vendeu mais de 15 milhões de exemplares: "A maioria das lideranças ainda está estancada no modelo de trabalhador em que as pessoas são vistas como coisas a ser controladas e reguladas. Mas hoje é imperativo ter consciência de que as pessoas são feitas de corpo, mente, emoções e espírito". Um bom treinamento em sensibilização - com a Análise Transacional, por exemplo - consegue amenizar e em alguns casos até extinguir esses "jeitões".

Outra calamidade são os "jeitinhos". Diariamente, em muitas empresas, as normas, políticas, regulamentos e diretrizes são criativamente dribladas ou ignoradas por "jeitinhos". São aqueles atalhos e "adaptações" que fogem da estrada principal que conduz ao ponto certo, visando "facilitar" o trabalho de muita gente esperta, que esquecem que isso complica e compromete a vida das organizações.

O "jeitinho" existe onde hajam profissionais sem a devida disciplina, paciência e comprometimento para cumprir as etapas e os passos, às vezes, complexos e burocráticos de algumas tarefas e processos, mas que asseguram a excelência e a legalidade do trabalho. Resultado: os milhões gastos pela empresa em programas e projetos de qualidade, excelência e boas práticas de fabricação descem diariamente pelo ralo do desperdício.

Essas calamidades podem ser anuladas pela própria organização, se sua gestão definir e fizer seguir rigorosamente as corretas práticas de trabalho, se investir no desenvolvimento da maturidade comportamental das equipes e em saudáveis e éticos princípios e valores.

Felizmente, em sua grande maioria, as organizações atuam conforme o figurino, sem permitir a ocorrência dessas calamidades. São as empresas vencedoras - não necessariamente as de maior porte e lucro, mas as de maior ética, melhor clima e aquelas com maior preocupação com seu capital humano. Mas ainda há muita gente que parece esquecer o óbvio: numa empresa ou em qualquer organismo social, nenhum "jeitão" comportamental está acima dos direitos e do bem-estar da coletividade, assim como nenhum "jeitinho" está acima do compromisso com as leis e com a qualidade.

É simples assim.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

AS EMPRESAS E A SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL

A Copa do Mundo de Futebol é um evento internacional de grande importância para o meio esportivo e para os negócios. Este evento faz com que haja uma mobilização nacional e até mundial em torno do mesmo.
O Brasil em particular vive este momento como nunca, a população se mobiliza, as empresas param e todos compartilham de um momento único sempre esperando uma retribuição dos jogadores da seleção: a taça que significa o sucesso de um trabalho realizado.
Comparo a seleção a muitas empresas. Para que haja sucesso nas empresas é necessário escolher bem os profissionais, formar equipe, qualificar através de treinamentos e treinar, treinar e treinar. Para que a equipe funcione é necessário ter um líder, aquele que consegue dos seus profissionais a qualidade necessária para executarem as suas tarefas com comprometimento e envolvimento e com um único foco: o sucesso de todos e não de apenas alguns.
Quando o líder é chefe, quando aquele que deveria ser líder entende que tem que se isolar do mundo porque só ele sabe, dificilmente se formam equipes e o sucesso fica distante.
Vamos então fazer um comparativo da seleção com algumas empresas.
Tudo se iniciou há quatro anos atrás com um líder chamado Dunga. Foi líder enquanto capitão da seleção anos atrás mas apenas no nome, e não conseguiu ser líder de um time que tem profissionais que atuam em clubes diferentes e que necessitam de entrosamento para executarem as suas atividades da melhor forma. Para se iniciar a formação de uma equipe precisamos ter os profissionais certos e no lugar certo, devidamente treinados e em condições físicas e emocionais de jogo. Era esta a cara da seleção brasileira? Não. Profissionais escolhidos para representar o país que não tinham condições de o fazer, não só pelo fato de terem sido acometidos por lesões recentes bem como não executaram as suas atividades da melhor forma nos clubes onde jogam. Uma liderança que se escondeu do mundo, da imprensa e com entrevistas sem propósito, com palavrões proferidos que chegou a todos os países, mostrando total descontrole emocional. E quando o descontrole emocional é do líder, os seus liderados não têm como reverter a situação.
Vamos analisar os jogos do Brasil nesta Copa do Mundo. Contra a Coréia, um time sem expressão, com difícil vitória e sem opções nem em campo e muito menos no banco. Contra a Costa do Marfim um pouco melhor em alguns períodos, no entanto demonstrando que o Brasil apenas sabe jogar no contra ataque e que se saísse em desvantagem dificilmente recuperaria. Contra Portugal se reclamou barbaridade da retranca dos portugueses, no entanto não se viu sabedoria para driblar o esquema tático adotado pelo Carlos Queirós, porque simplesmente a seleção brasileira não sabe e não foi preparada para jogar ao ataque. Contra o Chile se jogou um pouco melhor só porque o outro time deixou jogar, não foi por méritos da nossa seleção. Contra a Holanda, e se os líderes tivessem analisado os jogos anteriores dos nossos adversários sabiam que o lado direito deles era muito bom e o lado esquerdo do Brasil muito ruim, foi um desastre o segundo tempo de jogo. Resultado: derrota com dois lances pelo lado direito da Holanda. Estava na cara de todo o mundo, faltavam jogadores em campo com a qualidade necessária para enfrentar obstáculos, faltava qualidade técnica e emocional. O que então se viu? Um time descontrolado exatamente com a cara do técnico naquela entrevista cheia de palavrões e dando murros nas instalações do banco de reservas da seleção.
O que aconteceu com a seleção brasileira nesta copa é o que acontece com algumas empresas. Profissionais contratados sem qualificação, colocados em funções para as quais não têm competência e líderes sem preparo que chegaram nessa posição porque há muito tempo estão na empresa e foram subindo sem treinamentos e qualificação para tal.
Como consultora da área de gestão empresarial e qualidade e diretora da CR Consultoria gostaria que os empresários que eventualmente leiam este artigo iniciem uma análise profunda nas suas empresas e questionem o que realmente está errado. Na maioria dos casos os motivos da falta de sucesso nas empresas são:

1. Falta qualificação dos profissionais para exercerem determinadas funções;

2. Falta treinamento dos profissionais para executarem as suas atividades com qualidade;

3. Falta preparo aos “líderes” que são antigos na empresa e para os quais é necessário dar status;

4. Falta a noção do que é efetivamente trabalho em equipe;

5. Falta equilíbrio emocional quando os resultados precisam ser revertidos;

6. Falta planejamento claro e objetivo.


Alguma semelhança entre a seleção brasileira e algumas empresas?

E para terminar este artigo só mais uma questão. Qual é o verdadeiro papel do líder nas vitórias e nas derrotas? É estar junto, incentivar, participar, fazer parte da equipe. Esse foi o papel do Maradona, por exemplo, na derrota da sua equipe. E que derrota, mas nem por isso deixou de ter o seu papel de liderança. Infelizmente isso não foi visto na seleção brasileira com o ex-técnico Dunga. Infelizmente em algumas empresas a situação é exatamente a mesma.

Depois não têm sucesso e não sabem o motivo!

Pensem e meditem porque o que aconteceu com a seleção brasileira acontece em muitas das nossas empresas.

Mãos à obra para mudarmos estas atitudes.

A mudança é a única certeza!

04/07/2010 Cecília Rijo – Diretora da CR Consultoria

quarta-feira, 23 de junho de 2010

"O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem."

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.
Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.
O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem.
Mas, para obter resultado diferente da maioria, você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.
Não se compare à maioria, pois infelizmente ela não é modelo de sucesso.
Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.
Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.
Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.
A realização de um sonho depende de dedicação.
Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica.Mas toda mágica é ilusão. A ilusão não tira ninguém de onde está.
Ilusão é combustível de perdedores.
"Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa".

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Relacionamento profissional também exige esforço

A parceria com colegas de trabalho nada mais é do que um casamento de características pessoais e profissionais, que como outro qualquer, exige muita dedicação, flexibilidade e força de vontade para fazer o relacionamento dar certo. Muitos profissionais esquecem-se de que as relações no ambiente de trabalho funcionam de forma muito parecida com os relacionamentos afetivos e por isso podem enfrentar problemas de incompatibilidade.

A diversidade engrandece o ambiente, nos faz ir além, buscar mais, superarmos a nós mesmos, ela traz a soma de forças. Mas é preciso saber cultivá-la. Dentro de um contexto diversificado, encontramos personalidades diferentes que, juntos, formam uma personalidade maior – a empresa, cujos objetivos e metas devem estar em sintonia com os objetivos pessoais.

Sempre acreditei que a diferença entre dois profissionais não está no trabalho que desenvolvem, mas sim, na dimensão que cada um dá ao seu trabalho. Desta forma, seu networking de relacionamentos e a inteligência emocional influenciarão diretamente na busca do sucesso.

Levanto aqui algumas características que, como num casamento afetivo, devem existir na relação profissional entre líder e liderados, entre as pessoas e entre profissionais:

Entusiasmo – Uma pessoa feliz e simpática, com paixão pelo que faz transmite isso aos colegas e torna-se uma grande companhia. Contagia as pessoas com seu otimismo e influencia os outros a agir da mesma forma, trazendo melhores resultados concretos para a empresa.

Auto-Consciência – É preciso conhecer-se bem e conhecer o outro, entender as suas razões e emoções para pode identificá-las nos outros e lidar com elas de forma positiva. É preciso sentar-se no lugar do outro e deixar de ser prepotente.

Atitude positiva – Acreditar no que você faz é meio caminho andado para o sucesso. Quem tem energia positiva faz as coisas acontecerem e não se deixa desmotivar por pequenas adversidades.

Comprometimento e lealdade – Você tem que ter admiração pela empresa e pelo colega de trabalho, caso contrário a parceira não funciona. Comprometimento significa conhecer a fundo o negócio da empresa, o setor, o líder e sua forma de trabalho, podendo auxiliá-lo de forma pró-ativa e com iniciativa, pensando no impensado e fazendo antes que algo seja dito. Assim como num casamento entre homem e mulher, este item é crucial para a formação de uma base sólida para o relacionamento.

Um “olho” para detalhes – Todo profissional deve ser detalhista e prover o líder com o maior número de informações possíveis. A relação fica melhor quando este pode dar, em troca, informações significativas para uma atuação mais participativa e assertiva de sua equipe.



Discrição e confiabilidade – Para haver transparência é necessário que haja a confiança de ambos os lados de que tudo que é discutido no escritório é confidencial e diz respeito apenas a quem está envolvido no projeto.

Comunicação aberta - Um canal de comunicação sincero, honesto, objetivo e claro é crucial para qualquer relacionamento, especialmente o profissional, onde tempo significa negócios e dinheiro.

Humildade – Para saber ouvir, saber pedir ajuda e saber reconhecer seus próprios erros.

Serenidade – Para ultrapassar períodos de stress e tensão, de grande volume de trabalho e sobrecarga emocional em função de prazos e importância dos projetos.

O relacionamento profissional exige um grande investimento de tempo e energia, focando a sintonia para criar uma parceria de sucesso, que nada mais é, do que um casamento feliz!

E você já viu melhores resultados do que aqueles criados por um casamento feliz?

Tive algumas experiências de conflitos nestes longos anos de mercado e que me trazem frustrações a todo o instante. Imaginem prestar serviços de consultoria, ser contratada pela Diretoria de empresa e chegar à conclusão que são os Diretores e Gerentes os grandes responsáveis dos problemas nas empresas e dos conflitos gerados, mas não assumem. Revoltam-se quando você chega e comenta que o problema são eles. As pesquisas não falham quando apontam que 85% dos problemas nas empresas são criados pelos Diretores e Gestores e são estes problemas que geram conflitos entre as pessoas.

Sabem o que falta?

Falta humildade, serenidade, comunicação aberta, discrição e confiabilidade, um “olho” para detalhes, comprometimento e lealdade, atitude positiva, auto-consciência e entusiasmo.

Como fazer para administrar esses conflitos gerados pela personalidade muitas das vezes até agressiva?

MUDANÇA, essa é a palavra chave, sem ela nada acontece e os conflitos continuam dominando e prejudicando empresas que poderiam ser até modelos no mundo dos negócios. As pessoas precisam estar abertas para as mudanças e precisam quebrar paradigmas, suas crenças. Ninguém é dono da verdade, ninguém é dono do mundo!

Esse é o motivo que o lema da CR Consultoria é:

“A Mudança é a única certeza”

Cecília Rijo – Diretora da Cr Consultoria

quarta-feira, 2 de junho de 2010

A Águia e as Galinhas

A Águia e as galinhas

Um camponês criou um filhote de águia junto com suas galinhas.

Tratando-a da mesma maneira que tratava as galinhas, de modo que ela pensasse que também era uma galinha.

Dando a mesma comida jogada no chão, a mesma água num bebedouro rente ao solo, e fazendo-a ciscar para complementar a alimentação, como se fosse uma galinha. E a águia passou a se portar como se galinha fosse.

Certo dia, passou por sua casa um naturalista, que vendo a águia ciscando no chão, foi falar com o camponês:

- Isto não é uma galinha, é uma águia!

O camponês retrucou: - Agora ela não é mais uma águia, agora ela é uma galinha!

O naturalista disse: - Não, uma águia é sempre uma águia, vamos ver uma coisa...

Levou-a para cima da casa do camponês e elevou-a nos braços e disse:

- Voa, você é uma águia, assuma sua natureza !

- Mas a águia não voou, e o camponês disse:

- Eu não falei que ela agora era uma galinha !

O naturalista disse: - Amanhã, veremos...

No dia seguinte, logo de manhã, eles subiram até o alto de uma montanha.

O naturalista levantou a águia e disse: - Águia, veja este horizonte, veja o sol lá em cima, e os campos verdes lá em baixo, veja, todas estas nuvens podem ser suas.

Desperte para sua natureza, e voe como águia que és...

A águia começou a ver tudo aquilo, e foi ficando maravilhada com a beleza das coisas que nunca tinha visto, ficou um pouco confusa no início, sem entender o porquê tinha ficado tanto tempo alienada.

Então, ela sentiu seu sangue de águia correr nas veias, perfilou devagar, suas asas e partiu num vôo lindo, até que desapareceu no horizonte azul."

Criam as pessoas como se galinhas fossem, porém, elas são águias.

Todos podemos voar, se quisermos.

Voe cada vez mais alto, não se contente com os grãos que lhe jogam para ciscar.

Nós somos águias, não temos que agir como galinhas, como às vezes querem que sejamos.

Pois com uma mentalidade de galinha fica mais fácil controlar as pessoas, elas abaixam a cabeça para tudo, com medo.

Conduza sua vida de cabeça erguida, respeitando os outros, sim, mas com medo, nunca!

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Homenagem a Ayrton Senna da Silva




"Com a força da sua mente, seu instinto e, também com sua experiência você pode voar alto."[Ayrton Senna]


"Somos feitos de emoções, basicamente todos nós estamos procurando por emoções, é apenas uma questão de encontrarmos a maneira com que devemos vivenciá-las." [Ayrton Senna]


"No que diz respeito ao desempenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio termo. Ou você faz uma coisa bem-feita ou não faz." [Ayrton Senna]


"Os ricos não podem mais viver numa ilha rodeada por um mar de pobreza. Nós respiramos, todos, o mesmo ar. Devemos dar a cada um, uma chance, ao menos uma chance fundamental." [Ayrton Senna]


""Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá." [Ayrton Senna]


"Não sei dirigir de outra maneira que não seja arriscada. Quando tiver de ultrapassar vou ultrapassar mesmo. Cada piloto tem o seu limite. O meu é um pouco acima do dos outros." [Ayrton Senna]


"Ou você se compromete com objetivo da vitória, ou não." [Ayrton Senna]


"Vencer é o que importa. O resto é a conseqüência." [Ayrton Senna]


"O dia que chegar, chegou. Pode ser hoje ou daqui a 50 anos. A única coisa certa é que ela vai chegar. Morte" [Ayrton Senna]


"Uma maneira de preservar sua própria imagem é não deixar que o mundo invada sua casa. Foi um modo que encontrei de preservar ao máximo meus valores." [Ayrton Senna]


"O medo me fascina." [Ayrton Senna]


"Dinheiro é um negócio curioso. Quem não tem está louco para ter; quem tem está cheio de problemas por causa dele." [Ayrton Senna]


"Meu maior erro? Acho que ainda está para acontecer." [Ayrton Senna]


"A Fórmula 1 é um tempo perdido se não for para vencer." [Ayrton Senna]


"O fato de ser brasileiro só me enche de orgulho." [Ayrton Senna]


"Se você quer ser bem sucedido, precisa ter dedicação total, buscar seu último limite e dar o melhor de si mesmo." [Ayrton Senna]


"Se cheguei onde cheguei e consegui fazer tudo o que fiz, foi porque tive a oportunidade de crescer bem, num bom ambiente familiar, de viver bem, sem problemas econômicos e de ser orientado no caminho certo nos momentos decisivos de minha vida." [Ayrton Senna]


"O medo faz parte da vida da gente. Algumas pessoas não sabem como enfrentá-lo. Outras, acho que estou entre elas, aprendem a conviver com ele e o encaram não de forma negativa, mas como um sentimento de auto preservação." [Ayrton Senna]


"Dinheiro é um negócio curioso. Quem não tem está louco para ter, e quem tem está cheio de problemas por causa dele." [Ayrton Senna]


16 anos se passaram e indiscutivelmente ele é o símbolo de GARRA, DETERMINAÇÃO, PROFISSIONALISMO, VONTADE DE VENCER, HUMILDADE e QUALIDADE que fizeram dele um VENCEDOR!

Que cada um de nós possa ter um pouco do espírito do Ayrton Senna porque o nosso papel nas empresas pode ser comparado a uma corrida de Fórmula I: sentar no cockpit do carro e fazer o melhor tendo como objetivo máximo a VITÓRIA e o SUCESSO.


Cecília Rijo – 01/05/2010

quarta-feira, 28 de abril de 2010

QUANDO SUA EQUIPE É MOTIVADA A EMPRESA SE TRANSFORMA EM SUCESSO

Equipe motivada, comprometida e envolvida é sinal de sucesso.

O envolvimento dos profissionais está relacionado com o trabalho, a atividade a ser executada e o comprometimento com o fato de gostar da empresa onde se trabalha.
A CR Consultoria é uma empresa que sempre preservou pelo bem estar de seus funcionários tratando os mesmos como colaboradores pois é assim que sua Diretoria vê o sucesso empresarial. Mas infelizmente tem funcionários e colaboradores e precisamos ficar atentos a esse fato. Durante mais de dois anos a CR teve no seu quadro de funcionários profissionais que foram meros funcionários e que viviam carregados de energia negativa. Para quem não acredita posso afirmar que energia negativa gera maus fluídos e atrapalha os negócios. Pode a empresa fazer de tudo que nada agrada, quanto mais se dá mais querem e quando você não dá mais aí a reclamação vem de forma veemente. Mesmo assim, precisamos reconhecer que existem PROFISSIONAIS e profissionais, que tem PESSOAS e pessoas e que existem SERES HUMANOS e ser humano.

Tem momentos na vida do empresário em que as atitudes não são tomadas na hora certa e que acabam gerando resultados muito negativos.
Sempre estamos a tempo de MUDAR e MUDANÇA É A ÚNICA CERTEZA.

A CR Consultoria resolveu mudar e nunca é tarde para se mudar. Os resultados estão começando a aparecer. Mas o porquê de todo esse processo? O ser humano é movido a energia e quando a energia é positiva os resultados aparecem. Se os profissionais são envolvidos e comprometidos com toda a certeza que o sucesso aparece.

É meus amigos leitores, lições a gente aprende na nossa caminhada, erros todos cometemos mas temos que ter a humildade de reconhecer o erro e usar o mesmo como oportunidade de melhorar. Não somos donos da verdade mas somos donos das nossas atitudes e com os pés no chão podemos alcançar resultados que dificilmente pensávamos em alcançar. Sabem porquê? Porque sempre tem à nossa volta pessoas que querem derrubar, esse é o espírito de muita gente, gente que não se conforma com a capacidade intelectual dos outros e quer destruir.

Equipe a gente forma com profissionais comprometidos e envolvidos, falsas equipes se formam com gente que não é comprometida e nem envolvida, mas que de alguma forma usam máscaras para tentar mostrar algo que não existe, não faz parte do seu interior. Esse tipo de pessoas só “trabalham” para levar salário no final do mês e torcem tanto contra a empresa que nem se tocam que serão afetadas por esse mal que elas próprias preconizam.

Chegou a hora de recuperar o tempo perdido, os prejuízos incalculáveis gerados por pessoas que nada têm a ver com o espírito da CR Consultoria.

Estamos atravessando um momento de negociações, de novos clientes, de cursos que durante dois anos não decolaram. Mas é lógico, sem divulgação nada pode decolar e quando as pessoas não fazem o que lhes é destinado e usam o ambiente de trabalho em prol próprio com toda a certeza que nada acontece. Acontece sim, prejuízos incalculáveis para o empresário. Atenção e cautela hoje é meu lema.

Vamos em frente CR Consultoria. Torceram e torcem tanto contra a empresa, mas nada disso vai afetar uma equipe que se motiva, que vibra com o fechamento de negócios. Vibrar com negócios fechados? Era raro, muito raro na CR Consultoria. Vibração, alegria pelo fechamento de novos negócios era coisa rara na empresa. O sino que usamos para festejar cada novo negócio não se usava, quase enferrujou de tanto que ficou parado. O sino em menos de dois meses tocou mais do que em dois anos.

Parabéns a quem realmente se compromete e envolve com a empresa, que sempre acreditou e deu voto de confiança. Para você Douglas o meu aplauso pelo teu profissionalismo. A Mariana está iniciando e seu espírito é de muita luz. Seja sempre comprometida e envolvida com a empresa e suas atividades e só assim chegarás aos objetivos profissionais e pessoais.

Vamos em frente porque eu como Diretora sou total espírito de garra, de determinação e não me entrego fácil. Sei da capacidade da empresa, sei da capacidade da Diretoria e de seus profissionais e isso me faz acreditar cada vez mais no sucesso da CR. Os novos negócios estão demonstrando. Nada é por acaso, tudo tem uma explicação e para quem não acreditava está aí: o sucesso chegando fruto de muita determinação.

Sempre acreditei mesmo tendo gente à minha volta há mais de um ano atrás dizendo: “tem que fechar a empresa ela não vai prosperar, você tem que repensar a sua vida, isso não é vida”. Isso é vida sim e tomara muita gente por esse mundo afora ter metade da garra que eu tenho como pessoa e profissional.

Que sirva de exemplo para muita gente, nada se consegue na vida sem esforço, sem dedicação e acima de tudo SEM HUMILDADE!

GARRA, DETERMINAÇÃO, HUMILDADE, ALEGRIA E MUDANÇA!

Cecília Rijo – 27/04/2010





Alguns de nossos Clientes:

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Precisamos de Empresas mobilizadas para acabar com algumas pretensões indevidas de funcionários

Sabem para que serve o FGTS?

Os depósitos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) são realizados mensalmente pelas empresas a fim de constituir um fundo de reservas caso o trabalhador venha a perder o emprego, ou então como forma de incrementar o orçamento em casos específicos, como a compra da casa própria, por exemplo. Desta forma, além de assegurar ao trabalhador estabilidade financeira nos casos de demissão sem justa causa, o dinheiro que é depositado mensalmente também contribui para a criação do patrimônio do trabalhador, visto que embora existam algumas restrições para o saque antecipado, certamente este dinheiro será recebido num momento oportuno, quando o trabalhador poderá utilizá-lo como quiser.

Sabem quem tem direito ao FGTS?

Todos os trabalhadores devidamente contratados dentro das previsões da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) receberão mensalmente em suas contas um depósito referente a 8% sobre o valor do salário contratado. Desta forma, se você é registrado através do regime de CLT e recebe R$ 1.000,00 por mês, então a empresa deverá depositar mensalmente na sua conta do FGTS o equivalente a R$ 80,00, corrigidos monetariamente de acordo com a legislação. Vale lembrar que para os contratos de trabalho com prazo determinado, os depósitos são bem menores, 2% sobre o valor do salário bruto. Já os trabalhadores que prestam serviços em caráter provisório, os autônomos e os servidores públicos civis e militares não tem direito aos depósitos do FGTS.

E o Seguro Desemprego, sabem para que serve e quem tem direito de receber?

O Seguro Desemprego, desde que atendidos os requisitos legais, pode ser requerido por todo trabalhador dispensado sem justa causa; por pescadores profissionais durante o período em que a pesca é proibida devido à procriação das espécies e por trabalhadores resgatados da condição análoga à de escravidão.
Esse benefício permite uma assistência financeira temporária.
O valor varia de acordo com a faixa salarial, sendo pago em até cinco parcelas, conforme a situação do beneficiário.

Comentários e sugestões

Pois bem. O FGTS e o Seguro Desemprego devem ser liberados para os funcionários que forem demitidos sem justa causa. Que eu saiba funcionários demitidos com justa causa não têm direito nem ao FGTS, mesmo que tenha sido corretamente depositado, e nem ao Seguro Desemprego. Me parece que o governo federal não tem que ficar pagando e retirando dos cofres públicos verba para pagamento a quem foi demitido com justa causa ou a quem pediu a demissão pelo simples motivo de querer sair da empresa.

Será que estou errada? A lei é bem clara e não pode ter interpretações de algo que é claro e evidente.

Desde quando o empregador deve liberar as guias do FGTS e Seguro Desemprego e pactuar com situações indesejadas criadas por funcionários que usam a possibilidade que lhes é facultada de uma forma indevida?

Mas as coisas estão mudando!

A CR Consultoria presta serviços aos seus clientes e sempre teve a preocupação de mostrar aos empresários que investimento em funcionário é aumento de produtividade em função do processo de motivação e que funcionário deve ser tratado como um colaborador. No entanto, tem funcionários que usam as empresas onde trabalham apenas com o sentimento de “lá na frente” agirem de forma indevida sabendo que atitudes de falta de comprometimento e até envolvimento podem gerar demissão sem justa causa por parte do empregador para evitar problemas trabalhistas. Desta forma pagam os direitos previstos na lei quando se trata de demissão sem justa causa.
Me parece que pela quantidade de abusos está na hora das leis trabalhistas mudarem um pouco evitando assim que as empresas paguem valores que no meu conceito são indevidos.
Eu pergunto: os funcionários têm direito a divisão de lucros de acordo com algumas convenções coletivas de trabalho. E se a empresa tiver prejuízo? Também se divide o mesmo? A resposta que muitos vão dar é que o empregador é o poder maior e o risco é por conta dele. Pois bem, concordo, mas se o funcionário não tem bom desempenho, se a partir de um dado momento não se compromete mais porque é da sua índole essa postura, o que o empregador tem que fazer? Demitir e neste caso sem justa causa, é isso? E aí paga todos os direitos e mais alguns.

Meus caros leitores e amigos. Precisamos mudar o rumo destes acontecimentos. Os empresários, e em especial quem investe nos seus funcionários, devem ter meios para evitar abusos deste nível. É necessária uma mobilização, porque se continuarmos neste caminho tem muitas empresas que não chegam aos seus objetivos porque vivem pagando valores indevidos só para não ter mais problemas na justiça.

Vamos em frente investindo em funcionários que são colaboradores, mas tendo o cuidado de avaliar sempre com muita atenção quem efetivamente é envolvido, isto é, que gosta do seu trabalho, que gosta da sua profissão, porque o comprometimento se consegue através de investimento nesses profissionais. Precisamos sempre monitorar o alinhamento dos profissionais com a empresa, desde o primeiro instante, ficar atentos a deslizes em períodos de experiência, a posturas que muitas das vezes relevamos porque acreditamos que mudam, são seres humanos.

Nosso slogan é “A Mudança é a única certeza” e acredito mais do que nunca nessa frase. Precisamos mudar sim, mudar leis que favorecem práticas que em nada ajudam no sucesso das empresas. Chegou a hora de se tomarem providências claras sobre este assunto, é só olhar a Justiça do Trabalho e verificar o volume de ações trabalhistas muitas delas indevidas. Uma pré-avaliação deveria ser realizada evitando audiências sem qualquer motivo aparente. Funcionário que, através do seu advogado, mente deve ser punido. Não podemos aceitar que o funcionário alegue que não recebeu isto ou aquilo quando ele próprio assinou a documentação de recebimento.

Deixo claro para terminar que FGTS deve ser liberado para os funcionários que perdem o seu emprego por questões econômicas das empresas e que independe de sua vontade. Nestes casos, o Seguro Desemprego deve ser pago também para que os funcionários possam procurar um novo emprego e consigam ter o mínimo de dignidade para viver. Tudo o que estiver desalinhado com o contexto anterior não concordo. Não concordo que haja liberação de FGTS e nem de Seguro Desemprego para funcionários que não lutam pela empresa. Nem as empresas e nem o governo federal têm dinheiro para ficar sustentando pessoas que não querem simplesmente exercer as suas atividades dentro dos princípios mínimos que o trabalho lhes impõe.

Minha sugestão é que se avalie primeiro se a empresa investiu ou não no profissional e em caso positivo, e se comprovado que o mesmo agiu ou está agindo sem respeito à empresa, que nada seja pago pelo empregador. Pelas facilidades dos dias de hoje qualquer um toma atitudes contra a empresa mesmo que saiba que não tem razão.

Sem que a lei proteja as empresas que investem nos seus profissionais é difícil para nós consultores colocarmos em prática o que a teoria nos indica. Ou se muda o rumo dos acontecimentos ou a cada dia que passa vamos todos nós empresários ter problemas e mais problemas.

A lei está aí para ser cumprida, seja para empregados seja para empregadores. Precisa a lei ser ajustada às novas filosofias de mercado, não podemos ter leis que não acompanham a evolução do mercado de trabalho e as novas diretrizes que a globalização nos trouxe.

As empresas com funcionários envolvidos e comprometidos geram lucro para todos inclusive para os governos municipal, estadual e federal. São elas as geradoras de empregos. O empresário deve estruturar a sua empresa para gerar lucro e empregos, esse deve ser o grande objetivo.

Mas as empresas precisam ser respeitadas! Sem empresas, não há trabalho, sem trabalho não há empregos e o ciclo do mercado de trabalho paralisa.

Vamos ficar atentos, não podemos continuar pactuando com situações semelhantes a esta.

A hora da mudança chegou!

Cecília Rijo – Diretora e Consultora da CR Consultoria

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Recrutamento e Seleção - CR CONSULTORIA

Sua Empresa está em busca de profissionais DIFERENCIADOS ?


A CR Consultoria assessora as empresas no processo de Recrutamento e Seleção e dispões de excelente know how para selecionar o profissional certo para um melhor resultado do seu negócio.

Realizamos processos seletivos de profissionais nas áreas administrativas, técnicas, gerenciais em empresas de diversos ramos de atuação.

Para buscar um profissional diferenciado, conte com a agilidade e qualidade da CR Consultoria.


.





Alguns de nossos Clientes:

quarta-feira, 17 de março de 2010

Curso Básico de Administração de RH

OBJETIVO:

Mostrar como deve ser a administração de Recursos Humanos com as novas realidades do mercado brasileiro, orientar para a missão mais nobre desta importante área de trabalho que deve ser reconhecida como função estratégica no âmbito organizacional na medida em que se coloca como ponte entre os macro interesses dos profissionais e da empresa e, ainda, fornecer entendimento que o homem é o centro e o motivo maior de todo o universo, pois é por meio dele e com ele que tudo se transforma.


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

- Histórico da área de RH e o administrador de RH
- O processo Motivacional
- A estrutura organizacional
- A postura do Gestor de Recursos Humanos
- Os subsistemas de Recursos Humanos: Recrutamento & Seleção, Remuneração, Benefícios, Treinamento & Desenvolvimento, Avaliação de Desempenho, Departamento de Pessoal, Higiene e Segurança no Trabalho, Serviços Gerais, Contencioso Trabalhista e Assistência Social, Relações Trabalhistas
- Introdução à Administração Estratégica de Recursos Humanos, AERH


INFORMAÇÕES:


Dia 26/03/2010 das 8:30h às 17:30h
Palestrante: Cecília Rijo
Local: Rua Prudente de Morais,184 – Sala 5 – Santa Paula -São Caetano do Sul
Contato: 11 4229 2059 ou atendimento@crconsul.com.br
Valor: R$ 200,00 / Participante

sexta-feira, 12 de março de 2010

Curso Técnica de Vendas


OBJETIVO:

Ampliar a visão de empresários, lideranças e profissionais de vendas quanto à necessidade de aperfeiçoar o atendimento a clientes como forma de construir diferenciais competitivos significativos e duradouros.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

- Por que prestar um fantástico atendimento ao cliente
- Por que as empresas perdem clientes?
- Quanto custa perder um cliente?
- Ouvir os clientes? Vale a pena
- O Atendimento
- Como atender bem
- O cliente interno
- Atenção nos detalhes
- Técnicas para se vender mais e melhor
- Como liderar os vendedores e mantê-los motivados
- Rapport

INFORMAÇÕES:

Dia 19/03/2010 das 8:30h às 17:30h
Palestrante: Cecília Rijo
Local: Rua Prudente de Morais,184 – Sala 5 – Santa Paula -São Caetano do Sul
Contato: 11 4229 2059 ou atendimento@crconsul.com.br
Valor: R$ 200,00 / Participante

segunda-feira, 8 de março de 2010

Curso Básico de Administração de RH

OBJETIVO:

Mostrar como deve ser a administração de Recursos Humanos com as novas realidades do mercado brasileiro, orientar para a missão mais nobre desta importante área de trabalho que deve ser reconhecida como função estratégica no âmbito organizacional na medida em que se coloca como ponte entre os macro interesses dos profissionais e da empresa e, ainda, fornecer entendimento que o homem é o centro e o motivo maior de todo o universo, pois é por meio dele e com ele que tudo se transforma.


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

- Histórico da área de RH e o administrador de RH
- O processo Motivacional
- A estrutura organizacional
- A postura do Gestor de Recursos Humanos
- Os subsistemas de Recursos Humanos: Recrutamento & Seleção, Remuneração, Benefícios, Treinamento & Desenvolvimento, Avaliação de Desempenho, Departamento de Pessoal, Higiene e Segurança no Trabalho, Serviços Gerais, Contencioso Trabalhista e Assistência Social, Relações Trabalhistas
- Introdução à Administração Estratégica de Recursos Humanos, AERH


INFORMAÇÕES:


Dia 12/03/2010 das 8:30h às 17:30h
Palestrante: Cecília Rijo
Local: Rua Prudente de Morais,184 – Sala 5 – Santa Paula -São Caetano do Sul
Contato: 11 4229 2059 ou atendimento@crconsul.com.br
Valor: R$ 200,00 / Participante

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Curso de PCP - Planejamento e Controle de Produção no dia 06/03/2010

PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PRODUÇÃO

OBJETIVO: capacitar as pessoas envolvidas nos processos de produção, mostrando como planejar e controlar todos os processos da empresa, para que se possa obter uma maior rentabilidade e satisfação do cliente, cumprindo os prazos de entrega.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Considerações iniciais sobre PCP
A função do PCP
Conceito de manufatura
MRP
Conceito de ERP
Conceito Just In Time
Conceito Kanban
Gráfico de Gantt
Comparação de vantagens de Produção Puxada (Manufatura Enxuta) X Produção Empurrada (Produção Tradicional)
Exercícios práticos
I

NFORMAÇÕES:
Dias 06/03/2010 das 8:30hs às 17:30hs
Palestrante: Cecília Rijo
Local: Rua Prudente de Morais, 184 – Sala 5 – Santa Paula – São Caetano do Sul
Tel.: 11 4229-2059 ou atendimento@crconsul.com.br
Valor: R$ 250,00 por pessoa

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

CURSO ISO 9001:2008 NA CR CONSULTORIA DIA 10/02/10

OBJETIVO:

Mostrar a decisão estratégica da Diretoria da Empresa na implementação e manutenção do Sistema de Gestão da Qualidade, propondo sistemáticas para o mapeamento e gerenciamento dos processos, para a padronização desses processos e delineamento do sistema (interpretação das seções 4 a 8 da norma ISO 9001:2008).

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

Sistemas de Gestão da Qualidade
Os oito princípios do Sistema de Gestão da Qualidade e sua interpretação
Abordagem e mapeamento de processos
Ciclo PDCA
Estratégia de Implementação e o modelo ISO 9001:2008 como forma de gerenciamento por resultados
Sistema de Gestão da Qualidade – requisitos 4 a 8 da Norma ISO 9001:2008 com interpretação e sugestões práticas
Exemplos práticos de implementações, formulários para registros e exercícios práticos

INFORMAÇÕES:

Dia 10/02/2010 das 8:30 hs às 17:30 hs
Fornecemos Certificado de Participação e Material Didático
Local: Rua Prudente de Morais, 184 – Sala 5 – Bairro Santa Paula – São Caetano do Sul
Contato: 11 4229-2059 ou
atendimento@crconsul.com.br
Investimento: R$ 250,00 por pessoa
Acima de 03 pessoas por empresa 10% de desconto

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Curso PCP – Planejamento e Controle de Produção em Fevereiro na CR Consultoria

Curso PCP – Planejamento e Controle de Produção

OBJETIVO: capacitar as pessoas envolvidas nos processos de produção, mostrando como planejar e controlar todos os processos da empresa, para que se possa obter uma maior rentabilidade e satisfação do cliente, cumprindo os prazos de entrega.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Considerações iniciais sobre PCP
A função do PCP
Conceito de manufatura
MRP
Conceito de ERP
Conceito Just In Time
Conceito Kanban
Gráfico de Gantt
Comparação de vantagens de Produção Puxada (Manufatura Enxuta) X Produção Empurrada (Produção Tradicional)
Exercícios práticos

INFORMAÇÕES:
Dias 05/02/2010 e 27/02/2010 das 8:30hs às 17:30hs
Palestrante: Cecília Rijo
Local: Rua Prudente de Morais, 184 – Sala 5 – Santa Paula – São Caetano do Sul
Tel.: 11 4229-2059
Valor: R$ 250,00 por pessoa

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Palestra sobre Liderança na CR Consultoria

Palestra: “Líderes os verdadeiros agentes de mudança.”

OBJETIVO: mostrar aos participantes como ser um verdadeiro líder, ou seja, agentes de mudanças que fazem a diferença.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Definições de Liderança
Autoridade e Poder
Líder e Chefe
Tipos de Liderança
Liderança Servidora
Novo Líder

INFORMAÇÕES:
Dia 26/01/2010 das 18hs às 20hs
Palestrante: Cecília Rijo
Local de realização: Rua Prudente de Morais, 184 – Sala 5 – São Caetano do Sul
Tel.: 11 4229-2059
Valor: R$ 35,00 por pessoa.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

4 Dicas para o Empreendedor motivar a si próprio

Em tempos de crise econômica e de noticiários repletos de previsões terríveis sobre o futuro, é bom cuidar da motivação pessoal. Não se deixe contaminar pelo pessimismo, pois ele derruba o moral das equipes e diminui a produtividade na empresa. Eis algumas dicas do que fazer:

1- Encontre uma nova missão
Não há nada mais motivador do que correr atrás de faturamento para garantir a sobrevivência. Quando ele está estável e a sensação de segurança toma conta é hora de procurar um novo desafio. Pode ser a abertura de uma nova loja, a procura por mais eficiência, o lançamento de um novo produto. Ou uma missão pessoal, como aprender alemão ou fazer um trabalho social. Crie um novo porto e comece a remar para alcançá-lo!

2 – Pense positivo
Nosso subconsciente é uma ferramenta poderosa para o sucesso ou o fracasso. Se você disser que não consegue aprender inglês porque é difícil, aí é que não vai aprender mesmo, pois criou uma barreira mental. Alimente seu cérebro com afirmativas e pensamentos positivos.

3 – Mude a linguagem
Mais do que pensar de forma positiva, adote uma linguagem positiva. Em vez de dizer “problema”, diga “oportunidade”. Em vez de “fracasso”, diga “aprendizado”. Em vez de “não há nada a fazer”, diga “quais são as alternativas”. Em vez de “eu tenho que”, diga “eu escolho”. Essas frases não são tolas, elas devolvem a você a o controle das ações e as rédeas da sua vida.

4 – Leitura alto astral
Combata o baixo-astral do noticiário com leituras enriquecedoras. Leia biografias de gente que trilhou um caminho difícil, até mais difícil do que o seu, e chegou lá. Empresários de sucesso sempre enfrentam problemas. A diferença é que eles têm força para se levantar após um tombo, não importa quantos deles aconteçam.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Curso de PCP - Planejamento e Controle de Produção em Fevereiro

PCP – Planejamento e Controle de Produção

OBJETIVO: capacitar as pessoas envolvidas nos processos de produção, mostrando como planejar e controlar todos os processos da empresa, para que se possa obter uma maior rentabilidade e satisfação do cliente, cumprindo os prazos de entrega.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
Considerações iniciais sobre PCP
A função do PCP
Conceito de manufatura
MRP
Conceito de ERP
Conceito Just In Time
Conceito Kanban
Gráfico de Gantt
Comparação de vantagens de Produção Puxada (Manufatura Enxuta) X Produção Empurrada (Produção Tradicional)
Exercícios práticos
INFORMAÇÕES:
Dia 05/02/2010 e 27/02/2010 das 8:30hs às 17:30hs
Palestrante: Cecília Rijo
Local: Rua Prudente de Morais, 184 – Sala 5 – São Caetano do Sul – SP
Tel.: 11 4229-2059
Valor: R$ 250,00 por pessoa

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

O Sistema de Gestão da Qualidade é importante para você ?



Um Sistema de Gestão da Qualidade visa tornar uma empresa mais ágil, qualificada e preparada para um mercado cada vez mais competitivo e exigente. Busca integrar e motivar todos os seus participantes na obtenção de resultados.

A decisão por implantar um SGQ em uma organização é uma opção estratégica e deve ser tomada pela alta direção. Esta decisão visa melhorar e padronizar:

1 – A sistemática de Gestão, tornando a empresa mais moderna, prática, dinâmica e efetivamente integrada;

2 – A efetividade das atividades relacionadas ao sucesso da organização;

3 – A Visão Estratégica através de uma Abordagem de Processos, permitindo melhores níveis de controle e melhoria contínua;

4 – Tornar a qualidade uma “filosofia administrativa” fazendo parte de todas as ações e iniciativas da empresa.

O Elemento Central: O Homem

“Não são máquinas, equipamentos ou materiais que fazem a Qualidade, e sim Homens”.

Hoje não podemos ter funcionários nas empresas e sim colaboradores. Os colaboradores são aqueles que além da técnica necessitam ter comportamento, este é o novo profissional.

Novo Profissional – Técnica aliada a comportamento.

Os colaboradores necessitam ser comprometidos e envolvidos totalmente com a empresa, não dá mais para se brincar no mercado competitivo de hoje.
O envolvimento refere-se ao trabalho.
Já o comprometimento está relacionado à empresa.

O funcionário envolvido está satisfeito com seu emprego, sente orgulho ao falar sobre ele e não vê a atividade apenas como uma forma de ganhar a vida. Mas esse profissional não está, necessariamente, satisfeito com a empresa em que trabalha.

O funcionário comprometido, por outro lado, tem orgulho da organização, recomenda seus produtos e serviços e vê a empresa como um dos melhores lugares para se trabalhar. Esse colaborador associa o seu sucesso profissional à empresa.

Os profissionais que não estão envolvidos nem comprometidos geralmente têm baixa produtividade e podem espalhar esse sentimento de 'baixo-astral‘ entre os demais.

Os que estão envolvidos, mas não comprometidos, podem apresentar uma excelente performance. Mas a empresa corre o risco de perdê-los para outra companhia que expresse valores mais próximos dos seus.

Por isso, o profissional ideal para a empresa é aquele que adora seu trabalho e veste a camisa da empresa. Este é o verdadeiro colaborador!



“A sabedoria da vida não está em fazer aquilo que se gosta, mas em gostar daquilo que se faz.”
(Leonardo da Vinci)
















Só com funcionários envolvidos e comprometidos, a quem chamo de colaboradores, podemos ter Sistemas de Gestão da Qualidade nas empresas como forma de gerenciamento das mesmas através de resultados.

Pensem nisso!

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

A Crise Segundo Albert Einstein

O físico alemão Albert Einstein é um grande exemplo de superação. Aos 3 anos de idade apresentava dificuldades em se comunicar. Na primeira tentativa em ingressar na universidade, acabou reprovado. Mesmo sendo aluno acima da média, era considerado mais lento que os colegas de sala na resolução de problemas matemáticos. Dizem até que reprovou na matéria que mais tarde iria consagrá-lo com um prêmio Nobel. Como no livro Pai Rico Pai Pobre, Einstein sofreu influência positiva de um jovem estudante de medicina, o que suscitou no garoto de 10 anos o gosto pela leitura de obras mais elaboradas. Sua mente brilhante não estava somente voltada a cálculos matemáticos, o que pode ser demonstrado em sua opinião a respeito dos momentos de crise:

“Não pretendemos que as coisas mudem, se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo, sem ficar superado.”




“Quem atribui à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais os problemas do que as soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência. O incoveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e as soluções fáceis. Sem crise não há desafios. Sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la.”

Albert Einstein

Derrube o muro que separa você de você mesmo

Derrube o muro que separa você de você mesmo!

Escute mais as coisas do coração! Do seu coração! Abra-se para a vida!

E derrube o muro que separa você de você mesmo! Seja verdadeiro! Seja simples! Sempre!

Fique bem atento aos pensamentos que estão alimentando o seu coração e comece a tomar mais cuidado com a qualidade desses pensamentos.

Perceba o que eles estão provocando e o que você tem colhido. Comportamento é tudo!

Aceite-se mais! Reconheça-se mais! Trabalhe mais os seus pontos fracos.

E quanto aos pontos fortes, que você sabe que tem, deixe-os ainda mais fortes.

Acalme mais toda vaidade e todo orgulho que é natural sentir, viu?

Domine mais a sua necessidade de parecer ser alguém que não é! Cuide melhor das suas necessidades de ser amado, aceito, considerado, valorizado.

É você que se constrói a cada dia! Por isso, é bom uma auto-análise feita por quem mais entende de você: você mesmo!

Fique aberto e disposto a ser uma pessoa melhor, mais tolerante, mais flexível, mais compreensível, mais doce, mais amável, mais humana e solidária!

Vale a pena viver!

E isso você já sabe, por isso, fique do seu lado e seja o seu melhor amigo.

Dê mais chance a você mesmo, aprenda a recomeçar porque sempre é tempo e hoje é um novo dia, mas o faça de forma clara sem prejudicar o outro.

Todo mundo tem o seu valor, viu? Ninguém é inferior ou superior a ninguém! Ninguém é menos ou mais!

Coloque-se sempre ao lado da verdade, impondo-a dentro de si mesmo! Por você e pra você! O seu comportamento vai ser reflexo disso!

A vida é como um livro: não importa que seja longa, contanto que seja boa!

CR Consultoria

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Que o ano de 2010 seja um ano de mais amor entre as pessoas


Acompanhei a tragédia de Angra dos Reis, do Rio de Janeiro e de São Paulo neste final de ano. Muito triste ver as imagens de perfeita destruição de famílias inteiras, de casas, de locais para lazer, enfim o fim de uma vida terrestre.
O próprio homem está se destruindo aos poucos, o clima está mudando no mundo inteiro. A cada dia que passa não sabemos o que vem pela frente, tudo é uma incerteza.
Fiquei emocionada ao ver pessoas que são verdadeiros seres humanos, que se arriscaram para salvar vidas, o que chamamos de pessoas com amor para dar, o que chamamos de solidariedade.
Infelizmente são poucas as pessoas que pensam grande, que têm o coração do tamanho do mundo e que sabem do seu papel neste planeta.
Vemos diariamente notícias de roubos, assaltos, corrupção, traições pessoais e profissionais e vamos ficando assustados como o mundo se vem deteriorando.
Vemos diariamente pessoas com promessas não cumpridas, com falsas palavras, com falsos sentimentos e é assim que vivemos rodeados de pessoas que no fundo não conhecemos. Assustador!
No final de 2009 ao fazer a reflexão anual me deparei com situações de perfeita decepção com o ser humano. Cheguei a pensar que aquele ditado que diz: “Cada um por si e Deus por todos” é a mais perfeita das verdades neste mundo em que vivemos e que são poucos os que têm sentimentos verdadeiros, sentimento de amor ao próximo e de carinho por quem o rodeia.
Mas continuo acreditando!
Nos últimos anos dediquei parte do meu tempo profissional a trabalhar pessoas porque entendo que sem elas é difícil conseguirmos sucesso seja pessoal, seja profissional.
É preciso acreditar nas pessoas que possuem algo mais... Aquelas que, às vezes, a gente confunde com anjos e outras divindades... Digo daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes... Falo daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras, tecendo elogios, que pedem desculpas com a simplicidade de uma criança... Pessoas firmes... Verdadeiras, transparentes, amigas. Que com um sorriso, um beijo, um abraço, uma palavra te faz feliz... Aquelas que erram... Acertam... Não têm vergonha de dizer não sei... Aquelas que sonham... Aquelas amigas... Aquelas que passam pela vida deixando sua marca, saudades, aquelas que fazem a diferença...
Como é bom ter alguém que pode nos ajudar a fazer o bem para os que mais necessitam. Eu posso sonhar, criar e construir idéias para um mundo melhor, mas é necessário para que esses sonhos se tornem realidade que existam pessoas com esses mesmos objetivos, e essas pessoas acredito que encontramos aqui. Portanto, acreditando em um mundo melhor que possa ser mudado e vivido por pessoas melhores, temos que começar a dar valor às mínimas coisas da vida, para que estas com o passar do tempo se tornem o nosso verdadeiro ideal de viver.
É com este humanismo que vamos formando uma corrente de solidariedade, esperança e afeto. Assim como nada neste mundo se faz só, precisamos de humanos, que como nós, serão mais uma fatia desta imensa corrente. Estes "hoje" são chamados de amigos, companheiros.
Vocês serão anjos da esperança, sentirão na pele a felicidade de uma família ao ver que quando tudo parece perdido mas sempre há uma luz lá no fim do túnel. Sentirão uma lágrima brotar nos olhos, mas não se envergonhem isso é só um dos sintomas de um ser humano.
Afinal, Deus fez abismos para que o homem compreendesse as montanhas. Fez obstáculos para que o homem louvasse os prazeres. E fez você para que com ele descobrisse a vida que há pela frente e encontrasses a felicidade.

Pense nisso e não desanime nunca de semear o bem. Seja como o beija flor, que não desiste de fazer a sua parte mesmo sabendo que, sozinho, jamais será capaz de apagar o incêndio da floresta. Construa o mundo à sua volta como você deseja que ele seja. Leve Luz onde houver trevas...

Venha fazer parte desta corrente de solidariedade, de esperança e de afeto.
Sabe como?
Dando todo o seu amor, aquele que deve existir em você, aquele que Deus te deu para doares ao próximo.

Que o ano de 2010 que agora chega possa trazer mudanças no ser humano, que seja o ano do amor, da ética, da honestidade, da verdade. Não precisam acontecer tragédias para que o ser humano demonstre a solidariedade que deve demonstrar diariamente. Sabe por quê? Porque todos somos iguais, verdadeiros seres especiais, criados por Ele, todos com a mesma capacidade, os mesmos dons, os mesmos princípios e, acima de tudo, o mesmo amor colocado no coração de cada um de nós pronto para ser doado aos outros.

Seja mais AMOR em 2010! Seja 10 em 2010! Feliz 2010 para todos!

Com carinho da CR Consultoria